LESTE NORTE – CIDADANIA COMO FRUTO DA DEMOCRACIA

0
60

Em 19/07/2015, no início de suas atividades experimentais, o LESTENORTE trazia a público as seguintes considerações:

“O portal LESTENORTE pretende manter uma linha de informação e formação social, com o máximo de independência, visando fortalecer os sentimentos de cidadania, com o máximo de conhecimento dos direitos fundamentais do cidadão.

A democracia pressupõe o exercício pleno da cidadania, o que releva alto nível de conhecimento dos direitos sociais e individuais fundamentais.

Somente com o exercício pleno da cidadania, com o pleno conhecimento dos direitos fundamentais da pessoa humana, se conseguirá o aperfeiçoamento da democracia, de forma que os governos se tornem, de direito e de fato, genuinamente republicanos, com a observância de que todo poder emana do povo e em seu nome será exercido.

O LESTENORTE não tem patrocinador e não patrocina qualquer entidade pública ou privada, governamental ou não governamental, postando como legítimo instrumento de informação com o especial foco na formação da consciência cidadã, visando fortalecer e consolidar a democracia com o pleno exercício da cidadania”.

Preparando para o retorno, agora, progressiva e definitivamente, este continua sendo o IDEAL supremo do LESTENORTE: DEMOCRACIA COM O PLENO EXERCÍCIO DA CIDADANIA.

Desde julho/2015 transcorreu um importante período de experimento que produziu grande aprendizado. Nossa região conta com um relevante conjunto de órgãos informativos. Cada um com suas características e peculiaridades, mas exercendo sempre o sagrado direito de informação e de opinião

Na democracia plena “é assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional” (CF, art. 5º, inciso XIV).

Também “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença” (CF, art. 5º, inciso IX).

Mas na democracia plena, também, “são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito à indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação” (CF, art. 5º, inciso X).